quarta-feira, 19 de outubro de 2011

RESILIÊNCIA - SUPORTANDO PRESSÕES PARA SER APROVADO

"Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena.” (Pv 24. 10)

Esse texto de provérbios nos faz pensar que devemos buscar ser resiliente. Nunca ouviu essa expressão? Vamos a explicação! Resiliência é uma palavra que é muito usada na física e significa a capacidade que alguns materiais têm de sofrer fortes tensões e pressões e retornar ao seu estado original. Um exemplo é o elástico ou a mola, que podem ser submetidos a fortes tensões que, mesmo assim, voltam ao seu estado original.

A sabedoria dos provérbios nos ensina que é na hora da pressão, da tensão, que conhecemos a força das pessoas. “Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena.” (Pv 24. 10).

É nessas horas que somos esticados como um elástico ou pressionados como uma mola. Se somos fracos rompemos e ficamos deformados. Se somos resilientes, sofremos a tensão e retornamos ao estado original.
Muitas pessoas têm abandonado a Deus ou abandonado pessoas e coisas em sua vida só porque estão sofrendo algum tipo de tensão ou pressão. Desistem e, por isso, ficam deformadas pelo resto de suas vidas, carregando dentro de si sentimentos de fracasso e de vazio que abrem grandes feridas na alma.

Deus nos chamou para sermos resilientes. Servos de Deus mostraram fortemente essa capacidade de permanecerem inabaláveis mesmo diante de muitas tensões. Cito como exemplo o apóstolo Paulo que foi duramente perseguido e maltratado, mas no final de sua vida declarou: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé.” (2Tm 4. 7).

Ele foi “esticado” e “pressionado” pela vida e pela circunstâncias, mas nunca perdeu sua fé, sempre retornou ao seu estado original, pois tinha a característica da resiliência.
Seja também um elástico ou uma mola!

Busque a característica da resiliência para a sua vida, pois pressões e tensões virão sobre todos nós em nosso dia a dia!

“Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.” (Js 1. 9)

p/ André Sanches

Um comentário:

Denise Malafaia Cerqueira disse...

Oi, querida Eliane!
Que saudades, amiga.
Texto maravilhoso como tudo o que vocês postam no blog de vocês.
Gosto muito desta ideia de que ser resiliente é algo que precisa fazer parte da nossa experiência diária nesta vida. Precisamos aproveitar para crescer e nos alargarmos na fé. Só os resilientes alcançam isso.
Deus os abençoe com as bençãos que enriquecem e não acrescentam dores.
Paz e um abração!