segunda-feira, 8 de outubro de 2012

ACORRENTADOS PELOS TRAUMAS DO PASSADO


Há muitas pessoas paralisadas e infrutíferas por causa de feridas na alma

As feridas surgem em muitas pessoas, muito cedo, já na infância e juventude, que levam pelo resto de suas vidas, sentimentos e lembranças que lhes tiram a liberdade e impedem de ser o que Deus quer que sejam. Daí surge os traumas do passado que impedem as pessoas de serem felizes e progredirem.

A Graça de Deus remove os traumas do passado, pois os que estão em Cristo Jesus são novas criaturas, as coisas antigas ficam para trás e tudo se faz novo. (2 Co 5:17)

COMO SABER SE SOU UMA PESSOA COM EMOÇÕES AFETADAS ?

São muitas as evidências de alguém traumatizado na alma; dentre elas citamos: mágoas, perfeccionismo, palavras constante sobre o passado, depressão, pequenez, amargura, rejeição, insegurança, medo, fugas, falta de perdão, agressividade, indiferença, complexos, hipersensibilidade, ódio.

Os traumas emocionais geram pessoas aprisionadas e limitadas. Afetando seus pensamentos tudo é refletido em seu comportamento, trazendo a crise e a dor. Desta forma há sofrimento no lar, na igreja, no trabalho por causa dos relacionamentos mal conduzidos, em virtude daquelas deformidades que estão na alma. Tais pessoas estão em constante conflito consigo mesmo e com os outros, agindo com medo, cobranças e desconfiança, por causa das constantes decepções. Paulo ensina a esquecer o passado (FP 3:13-14)

APRENDENDO A ANALISAR AS PALAVRAS (MT 12:33-37)

Temos que analisar as palavras das pessoas que conversamos. Uma pessoa que fala MUITO do passado, pode ter um problema muito sério na sua alma. Quando ela é saudosista, certamente considera que o presente não é tão bom como foi o passado. Assim ela deixa de viver, deixa de acreditar no presente e muito menos no futuro. Já a pessoa indignada com o passado, certamente traz mágoas e ressentimentos que pode fazer dela uma pessoa agressiva, indiferente, insegura e super sensível.

O MEDO DE ERRAR NOVAMENTE
 
O medo de errar novamente pode trazer a existência do perfeccionismo. Quando uma pessoa erra no passado e traz consigo o complexo e a culpa, geralmente tenta não errar novamente, para isso ela tenta ser perfeita. Quase toda pessoa perfeccionista, já cometeu um grande erro no passado e por causa deste, ela tenta ser perfeita.  

Todos nós temos nossas falhas, é necessário aprendermos a viver com as falhas dos nossos irmãos. Se formos extremamente perfeccionistas podemos terminar sozinhos neste mundo.

MÁGOA 

Toda vez que ao ser ferido eu permitir que a mágoa entre em meu coração, eu me amarro ao meu agressor pelas cadeias da mágoa e estou dando ocasião a natureza carnal para que governe a minha vida.

As cadeias da mágoa PRENDEM O FERIDO A QUEM O FERIU

Ter mágoa de alguém é amarrá-lo a você, é ser escravo dele, ainda que não saiba! Com cadeias de mágoa no coração a pessoa fica incapaz de amar e ser amado. Ninguém escolhe ser ferido e nem sempre tem culpa de o ser, mas deixar a ferida crescer e contaminar todo o ser, pela aceitação da mágoa, é algo que podemos evitar vivendo a Graça de Deus, pois Deus nos capacita a amar. “O amor não se ressente do mal”

A FORÇA DO PERDÃO (Mt 18.23-35)

Não perdoar é estar preso ao passado, é ser prisioneiro das pessoas e dos acontecimentos do passado. Perdoe ao próximo e a você mesmo, aja como Deus: seja misericordioso e perdoador. Perdão libera perdão! 

Um líder de sucesso é alguém que libera o perdão por uma questão de convicção, de fé. Tome uma posição agora mesmo e aceite sua responsabilidade de perdoar aos que lhe feriram (deixe de culpar os outros por causa do seu erro de não perdoar). 

Peça ao Espírito para lhe mostrar seu real problema e como orar a respeito. Perdoe a todos os envolvidos na sua história de dor. Perdoe a si mesmo. Assuma sua identidade de liberto em Cristo.

Nenhum comentário: